RÁDIOS
RÁDIOS

26 MAI 2023

Super Bock Arena

Abertura de Portas: 20h30
Início do Espectáculo: 21h30

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6
BILHETES

Plateia Diamond - 120€
Plateia VIP - 90€
Plateia A - 75€
Plateia B - 70€
Plateia C - 65€
Balcão 0- 60€
Balcão 1 - 55€
Balcão 1 Lateral - 50€
Balcão 2 - 45€
Mobilidade Condicionada- 45€

ESGOTADO / SOLD OUT

Apenas são válidos os bilhetes adquiridos nos pontos de venda oficiais. Não adquira bilhetes em sites de mercado secundário.

Locais de venda oficiais: Campo Pequeno, FNAC, El Corte Inglés, Worten, Agência ABEP e em everythingisnew.pt

Vencedor do Prémio Camões em 2019, Chico Buarque vem a Portugal receber o prémio e apresentar Que tal um Samba? com quatro datas no Porto e em Lisboa. O músico sobe ao palco do Super Bock Arena nos dias 26 e 27 de maio e atua no Campo Pequeno, nos dias 1 e 2 de junho. A nova tour do compositor terá como convidada Mônica Salmaso em ambas as cidades.

‘Que tal um samba?’ é também o nome do single do artista lançado em junho que foi recebido como uma lufada de esperança “depois de tanta derrota, depois de tanta demência e uma dor filha da puta”. O tom esperançoso da canção dialoga com clássicos do artista, como ‘Vai passar’ e ‘Apesar de você’, que também nasceram dos sambas.

A crítica aclamou com entusiasmo a nova canção: ‘Que tal um samba?’ é música contra o Brasil da derrota”, “Chico Buarque voltou a encher o país de cultura e esperança”, “trata-se de um samba com categoria, um samba legal”, “Chico nos convida, afirmando que já chega o tempo da desforra, que já é possível erguer a vista e a coluna”.

O novo espetáculo promove um passeio pela obra de décadas do artista, que reúne composições há muito não apresentadas e outras mais recentes. Os saltos temporais acontecem de maneira fluida, como se as canções tivessem sido escritas agora.

Os músicos que acompanham o cantor são fiéis companheiros de palco: o maestro Luiz Claudio Ramos (arranjos, guitarra e violão), João Rebouças (piano), Bia Paes Leme (teclados e vocais), Chico Batera (percussão), Jorge Helder (baixo acústico e elétrico), Marcelo Bernardes (sopros) e Jurim Moreira (bateria).

Mônica Salmaso já dedicou um disco à obra do compositor ‘Noites de gala, samba na rua’. Mônica estreou-se visitando os afro-sambas de Baden e Vinícius, fez songbooks de Paulo Cesar Pinheiro, Guinga e Dori Caymmi, gravou discos aclamados como ‘Voadeira’ e ‘Iaiá’ e mergulhou no Brasil profundo no disco ‘Caipira’. Com 13 discos lançados e três DVDs, cultiva um repertório fiel à música que nela habita.

O artista, considerado um dos maiores compositores e uma das mais impressionantes vozes brasileiras de todos os tempos estará em Portugal em quatro noites cheias de cor e samba.

Como Chegar

Super Bock Arena

Onde Ficar



Booking.com

Subscreva aqui à newsletter!

Adicione um endereço de e-mail válido
Esse endereço já está em uso
The security code entered was incorrect
Obrigado pela inscrição!