RÁDIOS
RÁDIOS

15 SET 2024

Coliseu de Lisboa

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6
BILHETES

Cadeiras de orquestra - 95€
Plateia AA - 85€
Plateia A - F - 75€
Plateia G - O - 65€
Plateia P - Z - 60€
Balcão central - 50€
Balcão lateral - 35€
Camarote 1ª frente - 60€
Camarote 1ª lateral - 50€
Camarote 2ª frente - 55€
Camarote 2ª lateral - 35€
Galeria - 22€

BILHETES / TICKETS

Apenas são válidos os bilhetes adquiridos nos pontos de venda oficiais. Não adquira bilhetes em sites de mercado secundário.

Locais de venda oficiais: BOL, Agência ABEP, El Corte Inglés, FNAC e Worten.

Lista completa aqui.

Quaisquer bilhetes comprados a terceiros ou em postos não oficiais, poderão ser considerados inválidos, por adulterados ou por a sua venda ter sido duplicada e um deles já ter dado entrada no recinto e impossibilitar a sua entrada no espetáculo.

Depois do sucesso absoluto da crítica e do público, desde a sua estreia em 2019, a tour “Bloco na Rua” de Ney Matogrosso, chega aos Coliseus em setembro! 12 de setembro no Coliseu Porto AGEAS e 15 de setembro no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.
Foram pouco mais de 5 anos ininterruptos à frente da digressão “Atento aos Sinais”, projeto que passou pelos mais variados palcos e conquistou plateias no Brasil e além fronteiras. Durante este período, e como de costume nos últimos anos, Ney Matogrosso testou e amadureceu o seu repertório antes de lançar o álbum e DVD de Atento Aos Sinais.
Aos 82 anos Ney não para. Mais uma vez, o novo projeto “Bloco na Rua” começa nos palcos para só depois ganhar outros formatos.A Seleção musical foi feita enquanto o artista estava em digressão com a sua tour anterior e o seu critério não foi o ineditismo: “Não é um show de sucessos meus, mas quis abrir mais para o meu repertório. Dessa vez eu misturei coisas que já gravei com repertório de outras pessoas”, afirma Ney Matogrosso.
O cancioneiro escolhido revela a diversidade no que o artista quer apresentar ao vivo com “Bloco na Rua”. “Eu quero é botar meu bloco na rua”, que deu origem ao nome da digressão, “A Maçã”, “Álcool (Bolero Filosófico)”, “O Beco” e “Mulher Barriguda”, são algumas das músicas escolhidas que vão ser ouvidas ao vivo.
Por sua vez, o figurino, algo que é sempre aguardado com muita expectativa, ou este não seria um espetáculo de Ney Matogrosso, foi criado à medida pelo criador Lino Villaventura. Luiz Stein assina o cenário, composto por projeções, e Juarez Farinon a luz do espetáculo, com supervisão do próprio Ney Matogrsso.
A banda afiada é a mesma que acompanhou o artista nos últimos 5 anos, reunindo Sacha Amback (direção musical e teclado), Marcos Suzano e Felipe Roseno (percussão), Dunga (baixo), Mauricio Almeida (guitarra), Aquiles Moraes (trompete) e Everson Moraes (trombone).
Esta é a oportunidade de ver ao vivo um dos mais inventivos e icónicos artistas de sempre, no dia 12 de setembro no Coliseu Porto AGEAS e dia 15 de setembro no Coliseu dos Recreios, Lisboa.

Como Chegar

Coliseu de Lisboa

Onde Ficar



Booking.com

Subscreva aqui à newsletter!

Adicione um endereço de e-mail válido
Esse endereço já está em uso
The security code entered was incorrect
Obrigado pela inscrição!