RÁDIOS
RÁDIOS

12 SET 2024

Coliseu Porto AGEAS

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6
BILHETES

Cadeiras de orquestra VIP - 90€
Cadeiras de orquestra - 80€
1ª Plateia - 70€
2ª Plateia - 65€
Tribuna 1 & 2 - 65€
Tribuna 3 & 4 - 60€
Camarote 1ª - 60€
Camarote 1ª (visibilidade reduzida) - 40€
Frisa - 65€
Frisa (visibilidade reduzida) - 35€
Balcão popular - 50€
Galeria - 35€
Geral - 25€
Camarote 2ª (visibilidade reduzida) - 25€

BILHETES / TICKETS

Apenas são válidos os bilhetes adquiridos nos pontos de venda oficiais. Não adquira bilhetes em sites de mercado secundário.

Locais de venda oficiais: Ticketline, Agência ABEP, Altice Forum Braga, C. C. Mundicenter, Cascais Visitor Center, Casino Lisboa, Centro Cultural de Belém, E.Leclerc, El Corte Inglés, FNAC, IT Tabacarias, Pav. Multiusos de Guimarães, Sagres Campo Pequeno, Super Bock Arena, SuperCor, Teatro Tivoli BBVA, Time Out Mercado da Ribeira e Worten.

Lista completa aqui.

Quaisquer bilhetes comprados a terceiros ou em postos não oficiais, poderão ser considerados inválidos, por adulterados ou por a sua venda ter sido duplicada e um deles já ter dado entrada no recinto e impossibilitar a sua entrada no espetáculo.

Depois do sucesso absoluto da crítica e do público, desde a sua estreia em 2019, a tour “Bloco na Rua” de Ney Matogrosso, chega aos Coliseus em setembro! 12 de setembro no Coliseu Porto AGEAS e 15 de setembro no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.
Foram pouco mais de 5 anos ininterruptos à frente da digressão “Atento aos Sinais”, projeto que passou pelos mais variados palcos e conquistou plateias no Brasil e além fronteiras. Durante este período, e como de costume nos últimos anos, Ney Matogrosso testou e amadureceu o seu repertório antes de lançar o álbum e DVD de Atento Aos Sinais.
Aos 82 anos Ney não para. Mais uma vez, o novo projeto “Bloco na Rua” começa nos palcos para só depois ganhar outros formatos.A Seleção musical foi feita enquanto o artista estava em digressão com a sua tour anterior e o seu critério não foi o ineditismo: “Não é um show de sucessos meus, mas quis abrir mais para o meu repertório. Dessa vez eu misturei coisas que já gravei com repertório de outras pessoas”, afirma Ney Matogrosso.
O cancioneiro escolhido revela a diversidade no que o artista quer apresentar ao vivo com “Bloco na Rua”. “Eu quero é botar meu bloco na rua”, que deu origem ao nome da digressão, “A Maçã”, “Álcool (Bolero Filosófico)”, “O Beco” e “Mulher Barriguda”, são algumas das músicas escolhidas que vão ser ouvidas ao vivo.
Por sua vez, o figurino, algo que é sempre aguardado com muita expectativa, ou este não seria um espetáculo de Ney Matogrosso, foi criado à medida pelo criador Lino Villaventura. Luiz Stein assina o cenário, composto por projeções, e Juarez Farinon a luz do espetáculo, com supervisão do próprio Ney Matogrsso.
A banda afiada é a mesma que acompanhou o artista nos últimos 5 anos, reunindo Sacha Amback (direção musical e teclado), Marcos Suzano e Felipe Roseno (percussão), Dunga (baixo), Mauricio Almeida (guitarra), Aquiles Moraes (trompete) e Everson Moraes (trombone).
Esta é a oportunidade de ver ao vivo um dos mais inventivos e icónicos artistas de sempre, no dia 12 de setembro no Coliseu Porto AGEAS e dia 15 de setembro no Coliseu dos Recreios, Lisboa.

Como Chegar

Coliseu Porto AGEAS

Onde Ficar



Booking.com

Subscreva aqui à newsletter!

Adicione um endereço de e-mail válido
Esse endereço já está em uso
The security code entered was incorrect
Obrigado pela inscrição!